Retrospectiva Agile Brazil 2013

October 7th, 2013

A comunidade XPCE marcou presença mais uma vez no Agile Brazil. Este ano o evento bateu recorde de participantes com aproximadamente 1000 pessoas presentes. Como sempre, havia pessoas do Brasil inteiro representando a comunidade de desenvolvimento ágil.

Um dos objetivos deste ano era ter uma aproximação entre a comunidade ágil e o governo. Tiveram várias palestras específicas e debates sobre como ter projetos ágeis nas áreas de tecnologia do governo brasileiro.

Como no ano passado, tivemos a ideia de fazer uma grande retrospectiva e ver as apresentações dos membros de nossa comunidade. Contamos com o apoio da UNIFOR (Universidade de Forteleza) através do NATI (Núcleo de Aplicação em Tecnologia da Informação) e do Grupo Fortes. Iremos falar sobre alguns temas abordados no Agile Brazil, bater um papo sobre como foi o evento e quem sabe, se empolgar para ajudar na organização do Agile Brazil 2014 :)

Faça sua inscrição aqui

Local: Auditório Bloco A – UNIFOR (mapa)

Data: 19/10/2013 – Sábado

Horário: 08:30 – 12:30hs

Agenda:

08:45 as 09:00 – Boas Vindas

09:00 as 09:35 – Mudança de hábitos e o mundo ágil (Francisco Barroso)

09:35 as 10:05 – Retrospectivas, ainda mais Agil! (Valdemberg Soares)

10:05 as 10:45 – Ensinando e aprendendo com Agilidade (Ari do Amaral)

10:45 as 11:00 – Coffee Break

11:00 as 11:40 – Equipes sem Líderes formais e realmente autogeridas (Yuri Adams e Felipe Aquino)

11:40 as 12:20 – Como capacitar clientes: Introdução ao conceito de Team Guiders (Paulo Furtado)

12:20 as 12:30 – Encerramento

Palestras:

Mudança de hábitos e o mundo ágil (Francisco Barroso)

A agilidade trouxe muitas mudanças para os desenvolvedores. Sempre estamos buscando um desenvolvimento ágil e organizado. Muitas vezes pressionamos os membros dos times com reuniões de retrospectiva, feedback e exposições excessivas. Será que esse é o caminho correto para buscar agilidade?

Já parou para pensar o quanto difícil é mudar um hábito? Relembre quantas vezes você já falou que ia estudar uma determinada língua ou fazer uma especialização. Muitas vezes não cumprimos nossas próprias metas. Será que é querer muito que um membro do time mude a sua forma de trabalhar em poucas semanas?

Discutiremos nesta palestra as dificuldades que encontramos durante o processo de mudança de hábito e como uma equipe deve agir para identificar e alterar seus hábitos.

Retrospectivas, ainda mais ágil! (Valdemberg Soares)

A retrospectiva é uma prática para melhoria contínua que está presente na maioria das técnicas/frameworks ágeis, tanto para o gerenciamento de projetos quanto em um nível mais executivo. Apesar disso, existem técnicas que podem a tornar mais efetiva, incentivando a colaboração das pessoas e gerando ações que realmente agregam valor para esse processo. O objetivo dessa apresentação é apresentar um framework para condução de retrospectivas ágeis.

Ensinando e aprendendo com Agilidade (Ari do Amaral)

Mostrarei uma experiência de como ensinar e aprender se baseando nos valores e princípios do manifesto ágil. Como fazer agilidade na prática em sala de aula, usando inspeção e investigação no início para definir a melhor dinâmica, entender o perfil dos alunos e dar uma direção de acordo com o perfil apresentado. Promover a interação entre pessoas forçando a transparência e proporcionando que todos conheçam um pouco mais de cada um seja nos aspecto pessoal e profissional. Apresentarei um Modelo de ensino colaborativo em que todos participam com uso de uma ferramenta de EAD para promover apoio a aula presencial proporcionando feedbacks contínuos, discussões e trocas de experiências e retrospectivas constantes fazendo com que o processo de melhoria continua no ensino e aprendizado aconteça.

Equipes sem Líderes formais e realmente autogeridas (Yuri Adams e Felipe Aquino)

Não temos líderes, gerentes, ScrumMasters ou qualquer papel/perfil imposto pela empresa com poderes sobre a equipe ou destinados à doutrinação ágil.

Temos a liberdade de escolher como, quando e de que forma nos organizaremos para entregar o valor pedido pela empresa.

Isso tudo poderia até ser natural numa empresa de mídia ou Startup, apesar de não termos notícia sobre outra experiência no Brasil próxima do que fazemos, mas somos uma equipe dentro de uma empresa tradicional do mundo corporativo que vende serviços e produtos de segmentos commodities dentro de uma grande corporação.

Minha idéia é demonstrar os desafios e mudanças de Mindset que enfrentamos para viver numa utopia de governança sonhada pelos filósofos desde o século de 19, muitas vezes sem literatura para nos auxiliar.

Como capacitar clientes: Introdução ao conceito de Team Guiders (Paulo Furtado)

Esta palestra tem como principal objetivo apresentar algumas técnicas de coach para times ágeis que têm dificuldades em conseguir a participação de clientes durante o desenvolvimento de um produto. Através do uso de exemplos reais e analogias feitas a partir do cotidiano da plateia, o autor irá munir os ouvintes com argumentos concisos que podem servir para ajudar seus clientes/usuários a entenderem com mais clareza o que significa, de fato, trabalhar aplicando conceitos ágeis. O grande benefício desta apresentação é semear, na mente dos espectadores, conceitos e ideias que os permitam dialogar com clientes de uma forma que, estes últimos, percebam a importância de participar do desenvolvimento do produto, bem como compreender a maneira como um time ágil deve ser cobrado.

Apoio

Realização

Retrospectiva Agile Brazil 2012

November 14th, 2012

Dia 10 de novembro tivemos mais um evento, falamos sobre alguns temas abordados no Agile Brazil 2012. Mais uma vez gostaria de parabenizar os participantes, infelizmente apenas 30% dos inscritos compareceram ao evento. Obrigado, também aos nossos patrocinadores, FA7(sempre de portas abertas para os eventos da comunidade), Grupo Fortes e Casa do Código.

Lembrando que o desconto oferecido pela Casa do Código vale até o fim do mês, também sorteamos 4 livros oferecidos pela editora, tivemos os seguintes ganhadores: João Paulo Fernandes, Romollo Rodrigues, Natanael Ramalho e Jociele da Silva.

Eu, Francisco Barroso falei sobre Team Building, Learning 3.0 e Management 3.0, debatemos muito sobre times, liderança e aprendizado. Fiz um pequeno review do evento e falamos sobre o Agile Brazil 2013.

Elvis Lima, falou sobre código legado, dificuldades encontradas na hora de manter um produto e algumas praticas para refatorar e aumentar a vida do código.

Eric Muniz, trouxe os desafios para a venda da cultura lean, falou como eliminar gastos e focar no que realmente importa. “Dentro de um mundo muito competitivo é necessário desenvolver cada vez mais a excelência e focar em mercados específicos.”

José Araújo, o Lean em pessoa, (segundo a definição do Eric, Lean: produto magro que agrega valor!). Araújo, falou como melhorar a qualidade do código com métricas, quais métricas utilizar e falou sobre muitos problemas que se repetem em diversas equipes.

Valdemberg Soares, demonstrou um case com uma pessoa cega, trabalhando em um ambiente de desenvolvimento ágil, comparou o uso do quadro eletrônico e o quadro fisico.

Discutimos um pouco sobre as novidades do mundo ágil, questionamos os avanços da metodologia dentro e fora do Brasil. Chegamos a conclusão que os desenvolvedores brasileiros precisam de mais disciplina, mais foco em aplicar e melhorar as praticas.

Mais fotos…

Muito obrigado aos palestrantes, até o proximo evento.

http://prezi.com/9z9tsqmmbsqy/retrospectiva-agile-brazil-2012/
http://prezi.com/ny8jcxrwr8bn/como-lidar-com-codigo-legado-de-maneira-agil/
http://www.slideshare.net/zericbr/desafios-para-venda-da-cultura-lean
http://www.slideshare.net/joseafilho/xpce
http://prezi.com/q9fd5qddbteh/retro2/

Evento – Retrospectiva Agile Brazil 2012

October 24th, 2012

Este ano tivemos mais uma edição do Agile Brazil, entre os dias 3 e 7 de setembro em São Paulo, e mais uma vez os membros da comunidade participaram do evento.

XPCE teve a ideia de fazer uma grande retrospectiva, onde iremos falar sobre alguns temas abordados no Agile Brazil, bater um papo sobre como foi o evento e quem sabe, se empolgar para ajudar na organização do Agile Brazil 2013 em Brasília.

O grupo XPCE agradece aos interessados nessa retrospectiva e mais uma vez parabeniza a FA7, Grupo Fortes e Casa do Código pelo apoio e realização de mais um evento.

Local: FA7

Data: 10/11/2012 – sábado

Horário: 09:00 – 12:00

Observação: Galera, é muito importante que os organizadores tenham uma estimativa do número de participantes, esse número vai influenciar na organização do coffee break, na busca de patrocinadores e nos sorteios. Lembrando que a inscrição é gratuita para os participantes, mais vale muito para os organizadores, esse evento tem um custo, então peço aos inscritos que por favor compareçam. Obrigado!

Inscrições: http://goo.gl/NQVad

Evento:

09:00 – Sorteio de livros para inscritos no evento que estiverem presentes!
Bate papo sobre: Team Building, Learning e Management 3.0 – Francisco Barroso
Breve resumo do evento e um bate papo sobre: O que é um time? Estilos de lideranças.
Como evoluir o time? Sistemas complexos. Aprendizado emergente. Motivação.

09:40 – Como lidar com código legado de maneira ágil – Elvis Lima
Baseado em um case de sucesso apresentado no Agile Brazil 2012, nesta palestra vamos encontrar um balanço entre refatoração e uma entrega de valor eficiente. É muito comum que equipes ágeis precisem manter projetos legados e ao assumir esse tipo de projeto a primeira reação, geralmente, é: “Vamos jogar tudo fora e começar do zero!” Logo mais percebe-se que não há como fugir da situação. A próxima reação é: “Tá bom, vamos refatorar tudo!”. Finalmente, a equipe se dá conta que entregar valor de negócio ao cliente é a prioridade, independente da dívida técnica.

10:10 – Desafios para a venda da “Cultura Lean” – Eric Muniz
Dentro de um mundo muito competitivo é necessário desenvolver cada vez mais a excelência e focar em mercados específicos.
Nesse cenário abordaremos os conflitos existentes quando se tenta desenvolver produtos com esse foco.

10:40 – Coffee + Sorteio de livros para inscritos no evento que estiverem presentes!

11:00 – Importância da Gestão Visual!!! Quadro Físico ou Eletrônico? – Valdemberg Soares
A gestão visual está presente nos principais métodos ágeis. São diversos os radiadores dessa informação: Quadro de tarefas; Burn-down chart; Definition of Done;
Quais são as vantagens entre usar quadros físicos ou eletrônicos?

11:30 – Melhorando a qualidade do código com Métricas e Auditorias. – José Araujo
Quem nunca se deparou com aquele código que só em olhar dá vontade de ir embora? Classes com vários construtores, métodos “megazords”(com centenas de milhares de parâmetros), sem falar nos “if’s” aninhados sem fim. Todas essas práticas ruins que encontramos nos projetos legados nos causam bastantes transtornos. Veremos nessa palestra como utilizar as métricas e auditorias para detectar e impedir esse caos.

Realização:

Apoio:

Agile Brazil 2012

October 22nd, 2012

Mais uma vez tivemos o maior evento ágil da América do Sul. O Agile Brazil 2012 aconteceu em São Paulo entre os dias 3 e 7 de setembro, pertinho da Av. Paulista, no Maksoud Plaza ( um dos mais clássicos, luxuosos e bem estruturados hotéis de São Paulo).

O evento contou com uma série de trilhas, open spaces, WBMA 2012, Executive Summit, Lightning Talk e a Virada Ágil. Tivemos a honra de prestigiar os melhores palestrantes do Brasil, como: Guilherme Silveira, Manoel Pimentel, André Faria, Paulo Silveira, Luiz Parzianello, Daniel Cukier, Aaron Erickson, Mauricio Aniche, Rodrigo de Toledo, Ceci Fernandes, Alex Freire e alguns palestrantes internacionais, entre eles: James Shore, Khawaja Shams (NASA) e Neal Ford.

O próximo será em Brasília. Esperamos participar e contribuir com o aprendizado e com o compartilhamento de muitas experiências ágeis.

Mais posts sobre o evento: http://www.agilebrazil.com/2012/pt/programacao/blogs-sobre-o-agile-brazil-2012/

Palestras divulgadas: http://www.agilebrazil.com/2012/programacao/links-de-palestras-ja-divulgados/

Fotos do evento: http://www.agilebrazil.com/2012/pt/programacao/fotos-2012/

Mais uma vez parabéns aos organizadores, patrocinadores e participantes…Estamos aguardando o Agile Brazil 2013, sucesso total!

5º Encontro XPCE

August 22nd, 2011

Olá pessoal. Estamos recebendo, nessa ultima semana do mês de agosto, a visita de dois membros da comunidade Tá Safo de Belém. Estamos aproveitando a presença deles em nossa terrinha e fazendo nosso 5º encontro em parceria com a comunidade JavaCE.

Local

Universidade de Fortaleza (UNIFOR) Bloco I sala I14 (mapa)

Data
27 de Agosto de 2011 das 08:30 às 11:30hs

Agenda

Horário Assunto Duração
08:30 às 08:40 Boas vindas e apresentações 10 minutos
08:40 às 09:40 Boas práticas na Abordagem de Requisitos em Metodologias Ágeis 60 minutos
09:40 às 10:00 Coffee-Break 20 minutos
10:00 às 10:50 Formação de Times de Alto Desempenho 50 minutos
10:50 às 11:30 Agile Brazil 2011: Um divisor de águas ou ‘mais um’ evento de Agilidade? 40 minutos

Inscrições

Clique aqui

Palestras

Boas práticas na Abordagem de Requisitos em Metodologias Ágeis (Fernanda Melina)

Resumo: A abordagem de requisitos em metodologias ágeis, que como qualquer proposta, pode permitir bons resultados a partir de sua combinação com impressões pessoais ligadas ao comportamento ágil de um profissional 2.0.

Palestrante: Fernanda Melina cursou Análise e Desenvolvimento de Sistemas pelo Centro Universitário do Pará (CESUPA), e está concluindo o curso de Redes de Computadores pela Faculdade do Pará (FAP). Membro ativo da Comunidade Tá Safo!, trabalha com Tecnologia da Informação desde 2005, tendo experiências com várias tecnologias em diversos projetos em empresas como Atenta Tecnologia, IPAD, ERP Consultoria, Conect Informática (atualmente Gimp Network), Associação São José Liberto, SEBRAE-PA, Uniodonto Belém, SEDECT e PRODEPA. No campo da Análise de Negócios, possui experiências com metodologias como ITIL e CoBIT. Já na área de Engenharia de Software, possui experiência com CMMI, MPS.BR, RUP e, recentemente, Scrum. Atualmente é Certified Scrum Master (CSM) e Certified Scrum Product Owner (CSPO) pela Scrum Alliance.

Formação de Times de Alto Desempenho (Ari do Amaral)

Resumo: Essa palestra visa mostrar boas práticas para um time se tornar autogerenciável e auto organizável . O que um desenvolvedor precisa conhecer e qual metodologia usar? Apenas conhecimento técnico hoje em dia não é suficiente, os conceitos de colaboração, trabalho em equipe, comprometimento e sempre estar usando os conceitos de inspeção e adaptação, procurando que se tenham sempre pessoas, processos e resultados em melhoria contínua.

Palestrante: Ari do Amaral é Bacharel em Ciência da Computação, Especialista em Engenharia de Software, Certified Scrum Master e Certified Scrum Product Owner, Certified Scrum Professional. Mestrado em Ciência da Computação em fase de conclusão na Universidade Federal do Ceará. Professor das Faculdades Lourenço Filho e Scrum Master e líder de equipe na UFC Virtual. Coordenador Local do Agile tour, Participou do comitê de organização do Agile Brasil 2011 e do Maré de Agilidade em Fortaleza em 2009 e 2010.

Agile Brazil 2011: Um divisor de águas ou ‘mais um’ evento de Agilidade? (Paulo Furtado)

Palestrante: Paulo Furtado trabalha a mais de 15 anos na área de desenvolvimento de software. Possui mestrado em Engenharia de Teleinformática pela Universidade Federal do Ceará (UFC). A 6 anos vem se especializando em Metodologias de Gestão e Desenvolvimento Ágil de Projetos. Durante este tempo vem ajudando times de desenvolvimento de software a aplicarem conceitos de agilidade que aumentam a probabilidade de sucesso em projetos de TI.  É Certified Scrum Master (CSM), Certified Scrum Product Owner (CSPO) e Certified Scrum Professional (CSP) pela Scrum Alliance. É co-fundador do grupo Scrum Fortaleza e atualmente modera alista de discussão scrum-brasil. Participou de Projetos na Prefeitura Municipal de Fortaleza e no Centro de Gestão e Desenvolvimento Tecnológico do Ceará (CGDT) como Gerente de Projetos e Agile Coach. Participou da coordenação do Agile Brazil 2011 em Fortaleza, um dos maiores eventos de Agilidade da América Latina. Atualmente é professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), onde também desempenha o papel de Scrum Master e Agile Coach em projetos de TI no Brasil e nos Estados Unidos, além de ministrar treinamentos e consultoria nesta área pela empresa HunoTI.

Patrocínio

Apoio

Realização

Agradecimentos e resumo do Maré de Agilidade Fortaleza

November 15th, 2010

O Maré de Agilidade Fortaleza foi a sétima edição deste super evento criado pelo pessoal da SEA, foi realizado nos dias 11, 12 e 13 de Novembro de 2010 no Hotel Sonata de Iracema e na Fortes Treinamentos, localizados em uma das mais belas capitais do Nordeste, Fortaleza/CE.

No primeiro dia tivemos dois cursos na Fortes Treinamentos: Requisitos Ágeis para Engenharia de Negócios com Rodrigo Yoshima, um curso com muitas praticas e discussões.

E Maurício Linhares apresentou Objective-C para iOS – Programando para iPhones e iPads, também no primeiro dia repassando muita novidade para a galera de Fortaleza.

O segundo dia começou bem movimentado, Rodrigo Yoshima e seu convidado Alisson Vale ministraram um super curso: Kanban Systems for Software Development, e como era esperado o curso foi recheado com praticas e muito trabalho para as equipes.

Na sala ao lado Bruno Pedroso e Renato Willi colocaram a turma para trabalhar, aplicaram o curso: Extreme Programming, XP na prática, dividiram a sala em duas equipes que simularam praticas do XP.

Sexta-feira a noite nada melhor que uma hora extra com muito papo e os últimos ajustes para o sábado de palestras do maré. O sábado começou cedo no hotel Sonata de Iracema, Tisciany da Fortes Treinamentos, abriu o evento agradecendo a participação de todos e passando a bola para Carlos Átila, representante do nosso patrocinador TriadWorks, falando um pouco como seus clientes começaram a acreditar nas metodologias ágeis. Paulo Silveira palestrante da Caelum, também nosso patrocinador, foi o primeiro a se apresentar, concluindo com objetividade e rapidez sua palestra: O impacto dos testes no design da sua aplicação. Depois de alguns sorteios de camisas do Maré e da Caelum, passamos para a segunda palestra com Rodrigo Yoshima com sua palestra: Kanban e Scrum, tirando o melhor dos dois. Logo depois coffee break para recompor as energias e aumentar o networking naquelas boas conversas em pequenos grupos ao longo dos corredores. De volta ao auditório Maurício Linhares apresentou muita coisa bacana que estão escondidas nas paginas mais rápidas da web com a palestra: Seu site voando, alta performance em apps web sem dor nem sofrimento e na ultima palestra da manhã Fabiano Milani, que veio substituir seu amigo Alexandre Magno, representantes da AdaptWorks, falou muito sobre Liderança e Coaching. Paramos para um almoço rápido mas de frente para o mar da nossa bela cidade Fortaleza.

De volta ao hotel Sonata Alisson Vale iniciou sua palestra: Kanban expandido: usando visibilidade para transformar processos, explicando kanban com muita segurança. Tivemos mais uma ótima palestra do Paulo Silveira: Além de testes e integração: o one-click deploy, nesse momento fiquei só lembrando como o deploy da aplicação que eu desenvolvo pode melhorar. Mais um coffee break para continuar o bate papo e se preparar para o ultimo período do evento. Voltamos com a palestra de dois feras, Bruno Pedroso e Renato Willi, criadores do evento Maré de Agilidade, representantes da SEA Tecnologia, repassando as experiencias e aprendizados com a palestra: Agilidade: dos projetos à empresa, uma história de intracontágio. Na ultima palestra do evento Serge Rehem demonstrou os prazeres e desafios de trabalhar com um framework Open Source com a palestra: Agile & Open Source – A Experiência do Framework Demoiselle. Finalizamos o evento com uma mega ultra mesa redonda turbinada, chamada de Fishbowl, comandada por Bruno Pedroso.

Foi uma discussão muita bacana que começou com kanban passou por certificações, entidades de ensinos, mercado de trabalho e muitos outros assuntos, todos bem polêmicos. Mas sempre com muita paciência e respeito como mostra a foto a seguir(foi brinCADEIRINHA…)

E assim finalizamos o Maré de Agilidade Fortaleza, foram três dias de muito aprendizado, diversão e trabalho, trabalho que começou muito antes desse mês de novembro, convidando palestrantes, fechando com os patrocinadores, organizando passagens, preparando material e convidando todos vocês, participantes desse ótimo evento. Essas foram algumas das tarefas das muitas que a organização do Maré teve que realizar com o objetivo de trazer o evento para esse belo publico do Brasil, que participou em peso do nosso Maré. Muito obrigado a todos, um abraço e até o próximo evento.

Agradecimentos especiais:

Realização

Organização

Patrocinadores

Apoio

Maré de agilidade Fortaleza 2010

November 5th, 2010

O Maré de Agilidade Fortaleza, sétima edição, será realizado nos dias 11, 12 e 13 de Novembro de 2010 no Hotel Sonata de Iracema e na Fortes Treinamentos, localizado em uma das mais belas capitais do Nordeste – Fortaleza/CE.

O objetivo é disseminar Métodos Ágeis, bem como difundir o ecossistema abordando temas relacionados como Extreme Programming(XP), Scrum, Domain Driven Design(DDD), Model Driven Design (MDD), Test-Driven Development(TDD), Feature-Driven Development(FDD), Gerenciamento Ágil de Projetos  e empreendedorismo através de palestras, exposições e cursos, promover sociabilização, integração e o intercâmbio de conhecimento e experiências entre profissionais e estudantes da área.

Percebendo a carência de eventos que abordem o tema em nosso estado o grupo XPCE(eXtreme Programming Ceará) junto com a Fortes Treinamentos realizará em Fortaleza a sétima edição do evento Maré de Agilidade, com a organização da SEA Tecnologia, Revista Visão Ágil e apoio da Atratis. A primeira edição desse evento ocorreu em setembro de 2008 em Brasília e de lá pra cá já estamos na sétima edição.

Clique na imagen abaixo e conheça a programação e valores.

Resumo do treinamento ScrumMaster Skills com Fabiano Milani

October 10th, 2010

Resumo do treinamento ScrumMaster Skills com Fabiano Milani em Fortaleza nos dias 29/09/2010 a 01/10/2010, o treinamento ocorreu no IA. A XPCE sorteou uma vaga oferecida pela AdaptWorks e o sortudo que compareceu ao treinamento foi Carlos Rafael. Eu Francisco Barroso também participei desse treinamento e vou fazer um breve resumo aqui para vocês. Vou logo avisando o treinamento vale muito apena, muita coisa boa foi realmente discutida e conheci uma galera muito empolgada em melhorar o desenvolvimento de software. Fabiano Milani é o cara, vamos aguardar o retorno dele a Fortaleza, no Agile Tour. Lembrando que a AdaptWorks é patrocinadora do Maré de Agilidade Fortaleza 2010.

A primeira parte o Fabiano falou sobre Coaching e Facilitação, no primeiro momento a turma conversou bastante sobre como ser um bom coach e praticamos muito essa habilidade de aumentar a performance do cliente( o Coachee) em alguns momento eu me perguntava como estava conseguindo ter uma conversa super honesta e aberta para alguem que só conheci a algumas horas, o Fabiano passou essa segurança que o Coach deve ter com o seu Coachee e rapidamente a turma foi confiando um nos outros e as praticas estavam fluindo com muita sinceridade. Aprendi muita coisa sobre coaching:

  • Coaching é a arte de aumentar a performance nas pessoas.
  • Coaching é o processo de evocar excelência nas pessoas.
  • Coaching potencializa o poder pessoal de cada um.
  • Coaching é uma metodologia que gera conversações efetivas, identificação e reformulações de valores, metas e busca de soluções.

(Sociedade Brasileira de Coaching)

É claro que esse pontos foram muitos discutidos, pois o Fabiano frisou bem que o coach não pode impor suas ideias, o coachee tem que conseguir suas próprias respostas. E se alguem estiver pensando que esse blablabla todo é sobre aconselhamento, terapia, mentoring, consultoria ou psicologia é melhor você ir pensando em mudar de ideia, pois esses assuntos foram discutidos no que não é coaching?

Depois a discussão sobre ScrumMaster como Coach! Vantagens e desvantagens, no começo não me via fazendo um bom papel de coach, mas depois de algumas praticas minha opinião mudou, recebi até um pequeno elogio quando fiz esse papel. É claro que a PRATICA das praticas facilitam muito o desenvolvimento para um futuro Coach, algumas praticas:

  • Avaliação 4 x 4
  • Mini feed back 360°
  • Identificação de valores
  • Analise do campo de forças
  • Âncoras
  • Modelo 6 segundos
  • e muitas outras…

Ai entramos nas discussões sobre gerenciamento de atividades, como estimular o debate fazendo sempre o seu time pensar e sair do ciclo vicioso que o nosso cérebro(juízo “piada interna”) esta acostumado a viver.

No meio do segundo dia começamos a falar sobre Liderança, entre vários tópicos o mais discutidos foram ScrumMaster: ser líder ou não ser líder? e Comando Controle. Foi assim que entramos na parte mais teórica do curso, com muita discussão e todos colocando seu ponto de vista e experiencias vividas nas empresas. E uma das frase que mais me chamou a atenção foi “Coloque suas melhores pessoas nas maiores oportunidades, não nos maiores problemas.” (Jim Collins em “Good to Great”), acho que algumas empresas não entendem isso. Depois tivemos um bom papo sobre Sócrates, o homem que fazia perguntas.

No ultimo dia tivemos algumas conversas sobre estruturas de time, nesse momento já estava um pouco cansado, o Fabiano realmente colocou a turma para pensar e conversar bastante nos dois primeiros dias. Mais as conversas continuaram sobre times auto-gerenciados. Depois ele falou sobre Scrum e a organização, relatou algumas experiencias que ele já passou implantando Scrum nas oraganizações.

Em resumo aprendi muitas coisas bacanas, o treinamento me lembrou de coisas que sabia mais não lembrava mais como aplicar. O que realmente gostei foi de aprender como um Coach trabalha, fazendo perguntas para o seu cliente encontrar as suas respostas, dando assim muito mais valor e buscando aumentar sua performance. Ops já ia esquecendo, todas as realidades são diferentes, então o que funciona para minha pessoa pode não funcionar para você.

4º Encontro XPCE

September 3rd, 2010

Local
Faculdade FA7

Data
11 de Setembro de 2010

Agenda
09:00 as 10:00
Saindo do SVN, JRuby e Tomcat para GIT, Ruby e Apache com Passenger – Pedro Brasileiro

10:00 as 10:30
Intervalo

10:30 as 11:30
Agile Test, Adaptação e a Importância dos teste em equipes ágeis – Felipe Alessander

Inscrições
Clique aqui


Palestras

Saindo do SVN, JRuby e Tomcat para GIT, Ruby e Apache com Passenger

Resumo: Mostrar as vantagens e um pouco da experiência da migração de um controle de versão SVN para GIT, um servidor web Tomcat para Apache com Passenger. Explorar o JRuby e o Ruby.

Palestrante: Pedro Brasileiro Cardoso Junior é analista de sistema do DETRAN-CE. Responsável técnico dos Sistemas de Transportes, Desenvolvedor Ruby, J2ME e SuperWaba. Experiência Profissional da Tintas Hidracor como Programador e Analista Comercial. Entusiasta de BDD e Tecnologia Móveis.


Agile Test, Adaptação e a Importância dos teste em equipes ágeis

Resumo: Mostrar os principais conceitos do Agile Test e uma forma de como se adaptar, saindo do modelo tradicional e migrando para uma metodologia de trabalho Ágil.

Palestrante: Felipe Alessander esta cursando Tecnologia em Analise e Desenvolvimento de Sistema na FIC(Faculdade Integrada do Ceará), é Certified ScrumMaster e C1-MPS.BR. Já trabalhou com testes na Stefanini IT Solutions, Instituto Atlântico e atualmente está na Tener. Já palestrou sobre Qualidade de Software, TDD, Verificação e Validação e Testes Ágeis.

Apoio

Realização

Agile Brazil 2010

February 28th, 2010

Agile Brazil 2010
Porto Alegre – RS – 22 a 25 de Junho 2010

A Conferência Brasileira sobre Métodos Ágeis de Desenvolvimento de Software – Agile Brazil 2010 – é uma conferência nacional sem fins lucrativos organizada por representantes das principais comunidades ágeis brasileiras. O evento tem como propósito promover a comunicação e a colaboração entre seus integrantes visando à disseminação coordenada da cultura Ágil por todo o país.

O Agile Brazil 2010 acontecerá no campus central da PUCRS, em Porto Alegre, de 22 a 25 de junho, contando com cursos, apresentação de trabalhos e relatos de experiência provenientes de várias regiões do país, alem da participação de convidados reconhecidos internacionalmente. Martin Fowler, cientista chefe da ThoughtWorks, e Philippe Kruchten, professor da UBC em Vancouver (Canadá) e conhecido também por ter liderado a equipe do RUP na Rational Software, são alguns dos nomes já confirmados para o evento.

Realização: Faculdade de Informática (FACIN) – PUCRS
Promoção: Sucesu-RS, através do GUMA (Grupo de Usuários de Métodos Ágeis)

Acompanhe as novidades do @agilebrazil pelo Twitter.